terça-feira, 21 de abril de 2009

NOTA DO AUTOR.


1
O Ministério do Bom Senso adverte:


CUIDADO!!!... Esse blog contém textos de humor nonsense... Não é recomendado para gente chata, conservadores e moralistas desocupados.
1
Criado na Oficína de Escrita da Praia Vermelha, com o apoio luxuoso da coordenadora, Eliud Guerreiro e encenada pela primeira vez, no ano de 1992, no teatro Corpo Santo - Campos da UFRJ - Praia Vermelha.

Remontada sem grandes cortes em 21 de janeiro de 2008. graças ao enganjado e querido Padre Kelder, Paróquia de São Pedro, em Jacaraipe, município da Serra - ES.
.
As fotos do blog, são da remontagem que contou com a presença, segundo a PM, de cinco mil pessoas.


Obs: Texto original e sem interferência da igreja.




Contato: joaovinil@gmail.com
.























1

7 comentários:

Vanessa disse...

Joao, obrigada pelo comentário no Inconfidencia. Também li seu comentario no blog do Gagliasso e fiquei muito comovida. Abracos e boa sorte em suas producoes.

FaBiaNa GuaRaNHo disse...

Olá João, obrigada por seguir meu blog e pela visita, quanto a direitos autorais acho que vc consegue por este site.
http://creativecommons.org/
Já é um bom começo obter a licença e postá-la no seu blog.
Bjinhos

Joao Batista Santos. disse...

Fabiana.

Já tomei providencias. Obrigado!! Bjos

Norma Lima disse...

Johnny, sempre no meu coração!
Já coloquei em Favoritos, nem sabia que você tinha um blog.
Vou ler todos os posts com calma.
Abraços!

Norma Lima disse...

JB, a maioria aqui na terra chamada Brasil (eu prefiro chamar de Pindorama) não é muito amiga de ler, nem de escrever. Quando muito, fazem uma coisa ou outra.
Beijos.

A Prisioneira disse...

Puxa vida...
Sabia que eras fã de carteira do BBB, mas não sabia que gostavas tanto de escrever e que tinhas um blog!
Saudades de você.
Saudades do tempo que pra mim, eras apenas "Lee".
Estou salvando teu blog em meus favoritos, para ler com mais calma, em outra hora.

Um forte abraço!

A Prisioneira disse...

Agora sei onde passarei minhas horas vagas...

Saudades do passado; passavamos tantas horas conversando coisas sérias e também muitas besteiras... Você é um bom amigo, daqueles que nunca desejamos perder.

Um beijo, Lee... Ou melhor, João Batista!